Papo de Fotógrafo Podcast

Menu
O que eles lêem!

Leitura obrigatória!

20 de agosto de 2014
Livros Editora Photos

Nós sempre falamos nas entrevistas, ou em workshops e palestras que os livros podem ser grandes fontes de conhecimento e inspiração. Mas essa afirmação é tão ampla, que mesmo com toda força de vontade do mundo não conseguiríamos descobrir todos os livros que podem nos ajudar nessa longa estrada chamada FOTOGRAFIA.

Então, nós do PdF, com a ajuda de alguns convidados, ouvintes e amigos de profissão, resolvemos indicar algumas boas leituras, para não dizer Leitura Obrigatória, para vocês que acompanham nosso podcast e também, nosso site. Pedimos para a galera indicar um livro e nos dizer (porque, como, quando) ele pode nos ajudar ou nos inspirar. Não precisa comprar todos eles, mas seria muito bacana montar uma TURMA DO LIVRO aí na sua cidade, e cada um adquirir uma sugestão e trocar assim que terminar a leitura, o que acham da idéia?

Vamos as indicações … Não, não pense na entrega do Oscar!

Alexandre Urch

“O Instante Continuo – Uma História Particular da Fotografia”, do inglês Geoff Dyer distribuído no Brasil pela Companhia das Letras – Em suas 293 páginas Dyer apresenta um texto que vai totalmente ao oposto do “instante decisivo” do Bresson e mostra que a fotografia como uma continuidade, aonde temas e assuntos se repetem e dialogam entre si na historia da fotografia. Muitas vezes o fotógrafo acaba se sentindo “copiado” quando na verdade está apenas fazendo, de certa forma, parte da continuidade de um trabalho fotográfico iniciado há décadas atrás. Uma frase do livro que resume bem o caminho que Dyer quer nos mostrar é essa: “Uma coisa, porém é certa: da mesma forma que uma cidade as vezes é considerada “irmã” de outra, a milhares de quilômetros. em outro país, também fotografias separadas por muitos anos, tiradas por diferentes fotógrafos e com diferentes intenções em mente, podem tornar-se tão intimamente associadas que o significado de uma ou de ambas muda de maneira irrevogável. Às vezes, na verdade, é uma fotografia que aproxima subitamente duas cidades distantes.”

Rodrigo Zapico

“Sintaxe da Linguagem Visual”, de Donis A. Dondis – Acho bacana esse livro pois mostra os conceitos visuais como um todo, não voltado para fotografia. Assim, aprendemos a enxergar primeiro, para depois fotografar.

Aline Budzyn

“Layout”, de Gavin Ambrose e Paul Harris – Um livro inteiro falando sobre layout e como melhorar o layout de sua peça publicitária. Para a diagramação de álbuns não temos um livro específico então é sempre bom dar uma lida em livros sobre design e publicidade e propaganda. Esse é um exemplo. Layout trás ao leitor trabalhos contemporâneos para serem analisados, desmistificando esse mundo para uma boa composição em uma Página.

“Espaço em Branco não é o seu inimigo”, de Kim Golombisky e Rebecca Hagen – Aqui está o primeiro livro para quem quer saber um pouco mais sobre design! Tem uma linguagem fácil e com vários exemplos ilustrados. O próprio nome já é uma referência ao que vamos enfrentar quando um fotógrafo ou diagramador ouve a famosa frase “pra quem tanto espaço sem foto”. É um livro recomendadíssimo para quem quer se adentrar mais no mundo do design.

“Design e Tipografia”, de Ina Saltz – Um dos melhores livros de tipografia na minha opinião. Quer saber mais sobre tipografia e combinações de tipos? Esse é o seu livro! Com exemplos ilustrados do que é certo e o errado no mundo tipográfico, esse livro trás ao leitor a forma mais completa de um tipo. Tanto como nomenclaturas tanto como aplicações.

Rafael Petrocco

“Os bastidores da Disney”, de Tom Connellan – Eu não sou muito bom de livros, leio mais histórias do que livros que possam ser parte de uma formação profissional ou de artes e fotografia. Mas existem alguns bons livros que falam de negócios sem receitas, contam uma história que faz você pensar e tentar aplicar a sua carreira, um exemplo seria o “Monge e o Executivo”, mas esse quase todo mundo conhece. O livro que indico hoje, conta sobre os bastidores de um mundo fantástico e que não fazemos a menor ideia de como funciona, e de que pequenas coisas/detalhes podem fazer muita diferença. Esse livro pode ser a sua base de aprendizado para conquistar e manter um cliente.

Renato DPaula

“MAGNUM CONTATOS” – Para quem é fotógrafo documental, esse livro é uma bíblia. Além de conter alguns dos melhores fotógrafos documentais da história da famosa agência Magnum, ele revela através das folhas de contato o que foi fotografado, o que foi descartado e o que foi realmente escolhido pelos editores. Como fotógrafos, nós somos editores e curadores do nosso próprio trabalho. Pelo menos essa é a realidade da grande maioria de nós. Entender esse processo de edição é tão importante quanto fotografar. É onde eu, como fotógrafo, gasto a maior parte do meu tempo. E se você é daqueles que está sempre insatisfeito com seu trabalho, calma. Você não está sozinho. O livro nos mostra inclusive o que os fotógrafos pensam ao ver suas fotos nas folhas de contato pela primeira vez. Elliot Erwitt, dono de um trabalho singular, diz ser no geral deprimente olhar para as próprias fotos, onde a expectativa é muito grande. Relatos como esse mostram pra mim que não estou sozinho e ídolos como ele e outros mais têm a mesma sensação. Enfim, sou normal. O livro é vendido no Brasil em português e é o meu preferido.

Danilo Siqueira

“Cartier Bresson – O olhar do século!”- Eu gosto de ler biografias para tentar entender melhor os meus ídolos, acho que através da sua história podemos entender melhor a sua obra. E a biografia do mestre Cartier Bresson não poderia ficar de fora das minhas leituras. Através deste livro vc vai poder saber um pouco mais sobre a sua vida pessoal e a sua personalidade, e ver como tudo isso influenciou o seu trabalho.

Gostou das sugestões? Esperamos que sim, porque em breve teremos mais sugestões. E se quiser adquirir algum dos livros citados, pedimos que acesse o site da Livraria Saraiva através do banner neste post (ao lado), que além de adquirir um bom livro, vai ajudar o PdF. =D

Os comentários estão desativados.