Papo de Fotógrafo Podcast

Menu
Papo do Japa

Resenha: Canon SELPHY CP1000

25 de setembro de 2015
selphy_cp1000-1-624x624

Você já deve ter ido à alguma festa e, no final, o fotógrafo do evento entregou sua foto de lembrança. Impressoras portáteis são uma realidade há alguns anos, e muitos de vocês já devem ter visto uma – principalmente se trabalham com eventos. Em meio à inúmeras novidades nesse segmento, a Canon lançou o seu novo modelo da já consagrada linha SELPHY, a CP1000.

Se você já usou (ou tem) um dos modelos anteriores da linha SELPHY, você já sabe o que esperar: qualidade de impressão em uma impressora compacta e bonita, e nesse ponto a nova CP1000 não deixa em nada a desejar para os modelos anteriores. Entretanto, ela pode não parecer tão atrativa, já que o WiFi – presente no modelo anterior, SELPHY CP910 -, foi retirado. No lugar, a Canon colocou uma entrada USB para conexão PictBridge (caso a câmera seja compatível) ou pendrive, além de uma entrada USB para uso com um computador. Fora isso, ela possui entradas para cartões SD (você pode usar cartões microSD e miniSD com o adaptador) e Compact Flash, tela de 2.7″ para uso sem um computador (afinal, é uma impressora portátil, né?) e consegue imprimir imagens coloridas no tamanho 10×15 (cartão postal) em menos de um minuto! Mas o grande diferencial é o novo modo de impressão para documento e diferentes formatos para impressão de imagem.

Em sentido horário: a impressora Selphy CP1000, com a bateria opcional NP-CP2L e a bandeja PCP-CP400 (cartão postal / 10x15cm)

Em sentido horário: a impressora Selphy CP1000, com a bateria opcional NP-CP2L e a bandeja PCP-CP400 (cartão postal / 10x15cm)

Começando pelo novo modo, chamado ID Photo Printing, a CP1000 disponibiliza mais de 40 diferentes formatos de fotos para documentos, e possibilita a impressão de dois diferentes tamanhos na mesma folha. Isso garante o gasto mínimo de recursos. Isso pode ser muito útil para pessoas que trabalhem com foto documento, ou mesmo para quem precise de fotos dessa natureza em uma emergência.

A CP1000 também possibilita a impressão de imagens em outros formatos. Você gosta das fotos no formato quadrado, popularizadas (novamente) pelo Instagram? Agora é possível fazer impressões quadradas (tamanho 5x5cm) auto adesivas com o pack KC-18IS. Prefere impressões em um formato pouco mais delicado? É possível imprimir no tamanho de um cartão de crédito com os packs KC-36IP (tradicional) ou KC-18IP (auto adesivo).  Para tal feito, porém, é preciso o uso de uma bandeja especial chamada PCC-CP400 (vendida separadamente).

selphy_cp1000-3

A impressora SELPHY CP1000 completamente fechada: compacta e leve, cabe na mochila de qualquer fotógrafo

Mas nem tudo são mudanças, e algumas pessoas vão ficar bem satisfeitas ao saber que tanto os packs KP-108IN e KP36IP são compatíveis com o novo modelo. Não apenas isso: a já consagrada bateria opcional NP-CP2L (para tornar a impressora realmente portátil) continua a mesma.

selphy_cp1000-4

O cartucho fica alojado em um compartimento na lateral da impressora, e é o mesmo de modelos anteriores

Outra coisa que não mudou é o modo de operar: tudo simples e direto. Obviamente que, para funções mais avançadas será necessário um pouco mais de conhecimento sobre o produto – nada que o manual de instruções não explique detalhadamente -, mas até mesmo crianças conseguem operar a CP1000 tranquilamente. Basicamente, basta montá-la (inserir papel, cartucho, etc) e inserir a mídia em que estão as fotos que você quer imprimir. A partir daí, basta usar o display da impressora para navegar entre as imagens, selecionar a quantidade de cópias e apertar o botão Print (Imprimir). Simples, né? E se é simples para quem nunca usou, é ainda mais simples para quem já está acostumado  com o funcionamento dessa série de impressoras.

Uma coisa que pode afastar potenciais compradores é o custo por impressão. Apesar de ter uma ótima qualidade de impressão – principalmente considerando que essa é uma impressora de sublimação térmica – e a possibilidade de entregar quatro acabamentos diferentes sem precisar alterar o tipo de papel, o custo por impressão é bem alto: o pack KP-36IP, que contém 36 folhas e um cassete de impressão, está custando R$99,99 na loja online da Canon. Isso dá um custo de R$2,77 por foto. O pack KP-108IN, que contém 108 folhas, alivia um pouco mais esse custo, chegando em algo um pouco abaixo de R$2,00 – estou assumindo o preço, pois o kit não está disponível no momento. Pelo que eu me lembre, ele era vendido entre R$199,99 e R$219,99.

selphy_cp1000-5

A bateria NP-CP2L (opcional) garante aproximadamente 4 horas de funcionamento ou aproximadamente 40 fotos 10x15cm

Impressões finais:

A SELPHY CP1000 tem tudo o que uma impressora da Canon deve ter: é bonita, tem qualidade de impressão e uma ótima adição aos seus acessórios fotográficos. Apesar do WiFi ter sido retirado, as novas funções (e possibilidades de impressão) acabam compensando de um modo geral.

A ressalva aqui fica para aqueles que fotografam em RAW: a impressora não consegue ler esses arquivos. Se você fotografa no formato RAW, vale considerar converter as imagens na própria câmera, fotografar em RAW+JPG ou até mesmo montar um fluxo de trabalho para a conversão dos arquivos especificamente para a impressão. Mas, se por um lado isso pode ser chato, vale lembrar que a CP1000 é compatível com todos os arquivos JPG, independente de onde eles tenham sido gerados. Isso possibilita que você imprima suas fotos, independente de serem digitalizações de negativos, arquivos gerados em um iPhone ou em uma Nikon – se for JPG, a impressora consegue ler e imprimir.

O ponto que muito considerariam negativo, de fato, seria o custo de impressão. Mas assim: leve em consideração que essa impressora não foi criada para substituir uma impressora maior. Imagine você oferecer impressões como um diferencial na sua cobertura de eventos. Imagine você fazer o retrato de um estranho na rua e já entregar a foto. Imagine imprimir algumas fotos do making of de um ensaio e entregar para a modelo. A ideia não é ser apenas uma impressora; a ideia é ser uma impressora de lembranças. Pode apostar que as pessoas que ganharem essas fotos dificilmente se esquecerão daqueles que as presentearam. 😉

A Canon SELPHY CP1000 está disponível para venda na loja online da Canon pelo valor de R$699,99 e disponível nas maiores lojas de fotografia e varejo do Brasil.

———-

Agradecimentos especiais à Canon do Brasil, que gentilmente nos emprestou um exemplar da SELPHY CP1000 para que esse artigo pudesse ser escrito.