Papo de Fotógrafo Podcast

Menu
Artigos

Alternativa ao Instagram? Conheça o EyeEm

29 de março de 2016

Com as recentes mudanças no Instagram, diversos fotógrafos começaram a questionar se existe alguma outra rede social que seja tão intuitiva e fácil de usar quanto. A resposta, por incrível que pareça, é sim: o EyeEm, uma rede social “tipo Instagram” que existe desde 2011, e foi lançado com um ênfase um pouco mais focado à “fotografia real” – eu tenho minha conta lá desde… 2013.

Ao contrário do Instagram, o EyeEm é um pouco mais complicado de se acostumar. Existem diferentes feeds – você pode visualizar fotos feitas na região em que você está ou mesmo o feed dos seus amigos -, você pode postar nudez, além de poder vender essas fotos! Então, de diversas formas, o EyeEm, apesar de ser “tipo Instagram”, possui personalidade suficiente para se distanciar e ser considerado apenas um clone.

Pensando nisso, fiz um pequeno guia para aqueles que querem se aventurar pelo EyeEm. Abaixo estão apenas as informações básicas e que eu julguei mais urgentes. O app não é complicado, mas vai exigir um pouquinho de paciência. Preparados? Então vamos lá!

DISCOVER (DESCUBRA)

DISCOVER, ou “DESCUBRA” em uma tradução livre, mostra uma coleção de imagens que você pode vir a gostar. Pode ser fotos tiradas próximo da sua localização (Around you), fotos populares (Popular), do “fotógrafo da vez” (Featured photographer) ou mesmo uma coleção de imagens sob um mesmo álbum (como Travel ou Dogs).

eyeem_discover

FOLLOWING (SEGUINDO)

Em FOLLOWING – ou SEGUINDO -, como o nome diz, você tem o seu feed pessoal, com imagens de todos os outros usuários que que você segue. As fotos são dispostas em ordem de publicação e você pode programar o seu feed para mostrar todo o tipo de conteúdo ou não (mais sobre isso adiante).

eyeem_following

MISSIONS (MISSÕES)

Aqui são dispostas diversas competições baseadas em temas, com diversos prêmios. É sempre bom checar pois diversas marcas usam o EyeEm para engajar com seus usuários e afins. Ano passado a Samsung fez uma competição em que o premiado recebeu uma NX3000, e a competição “Here Belongs to Me” da DRAGO (que está aberta enquanto eu escrevo essa matéria) vai dar como prêmio o mais novo livro do fotógrafo de rua Boogie.

eyeem_missions

SENSITIVE CONTENT (CONTEÚDO SENSÍVEL)

Outra coisa interessante para os fotógrafos, principalmente os que retratam nu (como é meu caso), é a possibilidade postar esse conteúdo sem censura. Não sei porque eles não inseriram essa função direto ao fazer o upload da imagem, mas uma vez que a imagem foi enviada à rede, você pode marcar como SENSITIVE CONTENT (ou CONTEÚDO SENSÍVEL). Desse modo, a imagem não vai aparecer no feed de quem não quer ver esse tipo de conteúdo.

eyeem_sensitivecontent

Para você ter acesso a todo tipo de conteúdo, é preciso ir em SETTINGS (CONFIGURAÇÕES) e alterar para SENSITIVE (SENSÍVEL) a configuração em CONTENT TYPE (TIPO DE CONTEÚDO). Assim você passa a ver todo o conteúdo da rede.

eyeem_feedcontent

Fora isso, o EyeEm:

  • Permite postagem de fotos em qualquer proporção (até panôramica);
  • Publica artigos com dicas de fotografia e entrevistas com diversos fotógrafos;
  • Possui 24 filtros para aplicar nas fotos, separados em 6 categorias distintas: Fresh, Soft, Urban, Life, Vintage e Black & White;
  • Permite que você edite suas fotos usando o próprio app, através de parâmetros como contraste, exposição, saturação, etc;
  • Possui o EyeEm Market, em que você pode disponibilizar suas fotos para venda (!)

O EyeEm está disponível para Android e iOS, e ao contrário do Instagram, também é possível de ser utilizado pelo computador através de um navegador. Se você ainda não conhece essa rede, sugiro que você dê uma olhada. Talvez seja uma alternativa interessante para quem decidir realmente sair do Instagram.

%d blogueiros gostam disto: