Papo de Fotógrafo Podcast

Menu
Projetos Fotográficos #05

Vintequatro10

3 de março de 2017

São Paulo. Centro, local de encontro entre dois primos. Zona Leste. Zona Norte. Lucas, 22, Bruno, 28.

Na mesma semana, em agosto de 2016, resolveram comprar cada um sua câmera analógica e alinharam através do Vintequatro10 seus gostos em comum: a música punk rock com as paisagens urbanas. 

“Punk e Hardcore é som urbano, fala do cotidiano das periferias, de ser trabalhador, proletariado (pelo menos as vertentes que gostamos). A periferia e o punk hardcore é algo que está em nós, mesmo ‘sem querer’.”  Bruno Nogueirão

Autosave-File vom d-lab2/3 der AgfaPhoto GmbH

Autosave-File vom d-lab2/3 der AgfaPhoto GmbH

Edifícil Copan - São Paulo

Cada um é de um extremo da cidade. O Bruno mora em Pirituba (ZN) e o Lucas é da Vila Alpina (ZL). “O Centro de São Paulo foi o lugar escolhido para retratarmos, por ser a junção de toda a cidade, por mostrar o cotidiano dos trabalhadores, onde têm muitas pessoas, muito movimento e tudo e todos se encontrarem por lá.” Lucas Nogueirão

O projeto é realizado quando estão livres nos finais de semana, marcam em algum lugar no centro, algumas vezes decidem na hora para onde irão, o Vintequatro10 é aberto a criatividade, observação e ideias, em algumas fotografias os primos unem beleza criativa a críticas sociais. 

Metrô Sé - São Paulo

Autosave-File vom d-lab2/3 der AgfaPhoto GmbH

Autosave-File vom d-lab2/3 der AgfaPhoto GmbH

Autosave-File vom d-lab2/3 der AgfaPhoto GmbH

Autosave-File vom d-lab2/3 der AgfaPhoto GmbH

Eles afirmam que “cada fotografia é uma novidade, cada saída fotográfica também, fotografar com filme 35mm é bem diferente de usar uma digital porque você não consegue conferir a foto na hora. Tem uma maior espera e paciência, as vezes demoramos um mês para revelar e digitalizar as imagens.” Com a câmera analógica os primos buscam não desperdiçar cliques, fazendo com que cada foto seja única e bem pensada.

Bruno conta que eles perderam o primeiro rolo de filme, “ele travou no começo, foi bem triste, pois haviam várias fotos que eu queria ver, porém, o tanto que foi triste perder esse rolo é o mesmo tanto de alegria que agora eu sinto quando revelo um filme que foi bem exposto, isso serviu de aprendizado, nunca mais deixei prender mais nenhum filme.”

Quanto ao nome do projeto os dois queriam algo com mais identidade e com significado, justamente por terem várias coisas em comum, por ser um projeto deles e por nascerem no mesmo dia 24 de outubro, o projeto acabou sendo batizado de Vintequatro10.

Elevado Costa e Silva (Minhocão) - São Paulo

Eles têm planos de fazer uma exposição com as fotografias e fazer um filme com um Super8 e projetar na exposição, ampliar algumas fotos no laboratório e vender a preço de custo. O que determinaram é de não ganhar dinheiro, querem distanciar-se de amarras financeiras. Se possuem dinheiro colocam em prática, se não fazem daqui um ano ou dois. 

Dentre os lugares que já fotografaram estão: metrôs e trens, linha amarela, Sé, Anhangabaú, estação da Luz, cemitério da Consolação e Vila Maria Zélia (vila operária antiga).
 
“O Projeto [Vintequatro10] mostra aquilo que não vemos durante o dia a dia, na correria podemos caminhar por ali todos os dias e por desatenção acabamos deixando passar. Podemos ir ao mesmo lugar, mas cada dia que a gente vai saem fotos diferentes e conhecemos uma nova perspectiva daquele lugar.” Lucas Nogueirão  

Para acompanhar o projeto: www.flickr.com/photos/144500910@N02/, ou Instagram: www.instagram.com/vintequatro10

—————

Texto: Bruna Medeiros

%d blogueiros gostam disto: