Papo de Fotógrafo Podcast

Menu
Artigos

20 conselhos do Primo Tacca Neto para você fotógrafo

2 de junho de 2018

ISO ninguém fala… (Fotógrafos, leiam com atenção)

Primeiro nasce o amor falando baixinho no seu ouvido: – Olhe com o coração! Se identifique, perceba, reflita e por fim, CLIQUE! Abra os olhos e flutue: “Ah meu Deus, QUE FOTO! Que coisa mais incrível!”, e você sente que tem toda a percepção do mundo em suas mãos. Vive um mundo invisível que ninguém vê.

Mas aí a técnica cochicha no outro lado: “Não! Não! Que amor o que. Compre uma câmera melhor, lente melhor, aprende a usar um fotômetro, abre um estúdio. Faz o que eu te digo que seu mundo será muito mais fácil, vai por mim!”

Putz! Será? Mas daí estamos falando de loucura! Meu deus, um estúdio! De curioso você vai.

Bokeh, longa exposição, panning, terços, golden hour, proporção áurea, contraluz, ISO, velocidade, diafragma, composição, zoom, tele, grande angular, luz natural, velocidade de sincronismo, TTL, Photoshop, crop, pele, noise, layer, nitidez, high-end-retouch, separação de frequência, calibração de câmera, monitor, impressora, prova de cor, fechamento de arquivo. Uma lista interminável. Você acha que sabe tudo e vai pro mercado. E incrivelmente os problemas começam a acontecer.

1 cliente = 20 problemas.
2 clientes = 40 problemas.

OH MY GOD! Preciso de técnica! E você vai se afundando mais! E mais! Passa mais 2 anos.

1 cliente = 5 problemas
2 cliente = 10 problemas

Passa mais 2 anos.

1 cliente = 0 problema
2 cliente = 1 problema

Bem, nessa altura do campeonato com todos os problemas que já enfrentamos já estamos falando de uma empresa com funcionários, meta mensal, anual. Você tem muitos clientes, agenda cheia, projetos fotográficos, convites, muito gigas de dados para lidar, muito conteúdo para postar, muitas viagens, experiências, pessoas novas todos os dias e óbvio: Muitos impostos e taxas para pagar.

Mas onde está o divisor de águas? Ele se chama “Expertise”.

Fiz uma lista, algumas coisas para você colar atrás da porta e ler todo dia (talvez você não vai entender, mas quando a sua hora chegar você vai lembrar de mim).

Vamos lá:

01 – NÃO ENTRE na fotografia e em negócio nenhum por dinheiro, você vai quebrar. Simplesmente saiba o seu custo e batalhe por isso;

02 – VALORIZE primeiramente os clientes que mostram com o dedo onde você está errando. Saiba escutar. Mas também saiba se defender quando for necessário. Não queira ser o melhor do mundo, seja o melhor no que você faz;

03 – PISE somente onde puder andar. Não se meta a fotografar ou em assuntos que não possa resolver caso dê algum problema, mas se tiver que fazer, tenha as pessoas/ferramenta aos eu alcance para resolver o problema;

04 – PARCERIA não existe. Esqueça. Maior mito do mundo corporativo. Com o tempo você aprende. Deixa dar um problema bem sério e você vai saber do que estou falando;

05 – FREELANCER quando você mais precisar dele, ele não vai atender o telefone, nem whatsapp, o pneu vai furar, a tia vai morrer ou qualquer coisa do gênero. Mas no fundo ele quer te dizer: “Te fode meu amigo… Não me programei, peguei mais trabalho do que eu devia e não vou poder te entregar no prazo combinado.”;

06 – DE GRAÇA nem a morte vem. Pare de pedir coisas pros outros e comece a ir atrás e conquistar as suas. Aprenda a pescar e pare de pedir peixe. Nada é de graça nessa vida;

07 – “DEUS não mata, mais achata” – ditado do meu pai Gemildo Tacca – Seja honesto em todos os pontos e não deixe pontos cegos. Não iluda, não prometa, não minta, um dia a casa caí. Não sonegue impostos, não fofoque, não arme coisas por trás, não roube e o que tiver que falar, fale para a pessoa olhando nos olhos;

08 – CUIDE da sua imagem. Vendemos imagem, trabalhamos com imagem;

09 – ADMITA quando errar. A pior pessoa é aquela que só fez cagada, todos estão vendo e ainda não conseguem admitir;

10 – CADA minuto que passa e uma nova chance de virar a mesa;

11 – PAGAR com banana, você só vai ter macaco pra trabalhar;

12 – MERCADO é como uma grande porta pesada, demora para abrir e depois de aberta só você consegue fechá-la;

13 – TENHA SEDE! Estude, pesquise, busque. Você vai descansar quando morrer. Baixe a cabeça e corra!;

14 – CRIE a oportunidade se ela não aparecer;

15 – JAMAIS fale mal de outros fotógrafos quando você começou ontem e não sabe nem a diferença entre RAW e JPG. Todos te ignoram porque sabem a merda que faz;

16 – FUJA da zona de conforto. Já dizia o ditado: “Mar calmo não faz um bom marinheiro. Não se encha de coisas que tiram o teu foco”;

17 – TER um dom não é garantia que o mercado vai absorver a sua arte;

18 – LIDERANÇA é você saber que, quando você não tem esse poder a equipe domina. Lembram na sala da aula do primário aqueles professores que não tinham domínio de classe? Se não tiver essas características nessas alturas eu diria: “TVN (Te vira negão!).” Ahhh… e aprende rapidinho porque você será descartado rapidinho.

19 – VENCER sem riscos é triunfar sem dignidade. Pare de ficar batendo nas costas dos outros, se fazendo de amigo e com falsidade. Você até terá algum sucesso, mas quando perceberem que você só promete o que não pode cumprir, será automaticamente vomitado pra fora.

20 – COMPARTILHE este texto com seus amigos fotógrafos, um dia eles podem precisar!

{ Bonus } 21 – MODELOS: Quer dar uma de machão pegador e dar em cima de modelo no modo SPP (se passar, passou), vai fundo querido. Depois de 10 minutos, já haverá um grupo no whatsapp com os print das telas da sua cantada barata e todo staff estará sabendo. É sério, nunca tente isso.

Enfim, os últimos dias tem sido bem intensos, a cada a ano, a cada temporada eu vivo várias vezes o que escrevi acima. Mas o que me torna vivo e cada vez melhor no que eu faço é primeiramente os problemas que eu enfrento, depois as soluções que eu utilizo e por ultimo a confiança que eu gero em mim, na minha equipe e para meu cliente.

Isso não existe em livros, faculdades e você não vai comprar em lugar nenhum e provavelmente morrerá comigo.

—————

Texto publicado no Facebook por Primo Tacca Neto

%d blogueiros gostam disto: