Papo de Fotógrafo Podcast

Menu
Artigos

7 fotógrafas para seguir no Instagram

18 de junho de 2019

Algumas semanas atrás, publicamos uma singela lista de canais do Youtube que você, provavelmente, não acompanhava. Hoje, vamos publicar uma lista de fotógrafas que se você não segue, deveria seguir.

Sabemos que existem muito mais perfis de fotógrafas e artistas para seguir, mas como é impossível reunir todas em um post só, vamos começar com 7 e depois fazemos outras publicações, inclusive contamos com a participação de vocês. Dêem sugestões nos comentários.

1) Maíra Erlich (@mairaerlich) – Vencedora da 2ª edição do reality show Arte na Fotografia e responsável pelos registros still da 3ª edição, a fotógrafa pernambucana é reconhecida pelo seu trabalho na fotografia de casamento, mas que atualmente está trabalhando seu lado autoral e arriscando no fotojornalismo.

2) Flora V Negri (@floravnegri) – Outra representante pernambucana, Flora mostra através da fotografia, sua arte, sua criatividade e o que as pessoas retratadas permitiram que ela enxergasse. Sua fotografia é um mergulho nos seus processos e na descoberta de si e de quem foi fotografado.

3) Luisa Dorr (@luisadorr) – Se vamos falar de retratos, temos que citar a fotógrafa gaúcha, que aos 26 anos foi responsável pelos 46 retratos encomendados pela revista Times das mulheres mais importantes da atualidade, das quais 12 se tornaram capa da revista. Além disso, todo trabalho foi realizado com um smartphone, contrariando um dos maiores tabús do mercado fotográfico.

4) Marcela Velozo (@domeuiphone) – Já que citamos um trabalho incrível realizado só com smartphone, porque não citar também um perfil de retratos femininos registrados e editados nele. A fotógrafa Marcela Velozo, faz ensaios de forma profissional só com um iphone.

5) Milena Paulina (@olhardepaulina) – E já que entramos no assunto retratos femininos, temos o dever de falar do trabalho incrível que a fotógrafa Milena Paulina vem construindo através do seu projeto Eu, gorda. Mostrar a beleza de forma natural das mulheres que se sentem a vontade com seu corpo.

6) Pamela Facco (@poesiacomelos) – Já que o nú não é mais um tabú (até rimou, rs) podemos sugerir logo na sequência um projeto que transforma homens e mulheres sem suas armaduras (as roupas) em poesia. A fotógrafa autoral Pamela Facco, registra em seu estúdio pessoas, as vezes desconhecidas, sem roupas para quebrar o paradigma da sexualidade, de forma natural.

7) Juliana Colinas (@jucolinas) – Se entramos no mundo da arte, porque não falar também de fotografia inspirada no cinema. A fotógrafa brasileira aspirante a cineasta, como ela mesmo se descreve, une retrato e cinema de uma forma com que as duas artes se completem.

8) Amanda Louzada (@amandalouzada) – E se o cinema é fotografia em movimento, vamos dar uma indicação bônus de uma diretora de fotografia que tem se destacado no mercado pela simplicidade e que coloca a mão na massa para realizar o que planejou e deixar o projeto com a sua identidade. Uma dica importante para quem irá seguir a Amanda, é que em seus stories ela dá muitas dicas de iluminação para vídeos. Mas seu perfil tem collabs incríveis.