Papo de Fotógrafo Podcast

Menu
Artigos

10 fotojornalistas asiáticas que você deveria conhecer

15 de maio de 2020

Olá! Vamos para o segundo texto da série “10 mulheres fotojornalistas que você deveria conhecer” espalhadas pelo mundo?

Está gostando da viagem? Se você não leu o anterior, está aqui.

Nessa nossa escala pelo continente, escolhi mais 10 trabalhos lindos de fotógrafas mulheres que tem toda delicadeza e força que a fotografia pode trazer e carregar consigo por muito tempo. Então, vem comigo!

1) Charmaine Poh (@psxcharmaine)

Charmaine é fotógrafa, artista e escritora chinesa. Ela vive entre as cidades de Cingapura e Berlim. Ela se empenha em retratar a memória e questões de gênero de uma sociedade.

O trabalho de Charmaine utiliza uma mistura de elementos para criar sua narrativa. Dentre esses elementos entra a pesquisa de imagens, texto, vídeos e instalações.

2) Xyza Cruz Bacani (@xyzacruzbacani)

Xyza é uma fotógrafa filipina e utiliza do seu trabalho para aumentar a conscientização de histórias sub-noticiadas. Foi ajudante de casa durante quase uma década, e por isso ela utiliza do seu talento na fotografia para falar de assuntos como migração e direitos humanos.

Para se ter ideia da potência do seu trabalho, Xyza foi indicada como uma das 21 jovens líderes da Ásia em 2018. Ela também é Embaixadora da Fuji na Ásia e autora do livro “Wear like Air”.

3) Sahiba Chawdhary (@sahiba_chawdhary)

Sahiba é fotojornalista nas cidades de Nova Déli e no Sudeste Asiático, cobrindo noticiários e participando de algumas histórias.

Grande parte do trabalho dela envolve assuntos como direitos humanos e identidade de gênero na Índia e no Sudeste Asiático. Com isso, o trabalho dela já foi publicado no The New York Times, Getty Images, Vice News, Vox, Mic, The Nation, entre outros.

Sahiba estudou na Faculdade de Lady Shri Ram da Universidade de Déli onde estudou Ciências Políticas e Estudos de Gênero. Possui Mestrado em Jornalismo pela Universidade de Columbia e um diploma de pós-graduação em Transformação de Conflitos e Construção da Paz.

4) Smita Sharma (@smitashrm)

Smita nasceu em Shillong, na Índia. É uma fotojornalista independente que vive no Sul Asiático, além de trabalhar por toda a África, América Latina e Estados Unidos. Ela já rodou países como Estados Unidos, Índia, Camboja, Myanmar, Coreia do Sul, França, Reino Unido e Arábia Saudita.

Os assuntos mais fotografados por ela são sobre gênero, saúde, sociedade e direitos humanos. O trabalho de Smita já foi publicado no The Washington Post, The New York Times, BBC World, entre outros.

Smita é graduou no ano de 2013 em fotojornalismo e fotografia documental pela International Center of Photography em Nova York e também é pós-graduada em Jornalismo pela Universidade de Pene.

Desde 2016, Smita trabalha em um projeto contra o tráfico de humanos no sul-asiático onde ela documenta o comércio de carnes, servidão doméstica e tráfico de noivas, além de detalhar como isso acontece na região.

5) Hannah Reyes Morales (@hannahreyesmorales)

Hannah é outra fotógrafa filipina e exploradora da National Geographic. Registra a ternura em meio as adversidades. De uma forma visceral e íntima, retrata como a resiliência é incorporada no dia a dia das pessoas.

Os trabalhos de Hannah já foram publicados no The Washington Post, The New York Times, National Geographic, CNN Filipinas, entre outros.

Atualmente, Hannah está focada em projetos a longo prazo, se direcionando na criação de espaços seguros e na prestação de cuidados.

6) I-Hwa Cheng (@ihwacheng)

I-Hwa Cheng é fotojornalista taiwanesa de Taipei. Ela começou a carreira em um jornal local em Taiwan antes de se aventurar na carreira de freelancer.

Eventualmente, ela trabalha para a Reuters como jornalista multimídia produzindo fotos e vídeos. Seu trabalho já foi visto no New York Times, CNN, Associate Press e Reuters.

Além de fotojornalista, I-Hwan também é fotógrafa de partos no estilo documental em qua conta histórias cruas e honestas de nova vida e maternidade.

7) Mindy Tan (@mindytanphoto)

Mindy é fotodocumentarista de Cingapura com um grande amor pela Ásia. O trabalho dela fala muito sobre questões climáticas, deslocamento e medos do mundo.

Formada em Sociologia e Teatro pela Universidade Nacional, começou sua carreira como jornalista de impresso contando as histórias dos migrantes. Em 2007, ela ganhou prêmios da Sociedade de Editores da Ásia por excelência nos relatórios de Direitos Humanos.

Em 2019, a Fujifilm escolheu Mindy entre os 500 embaixadores mundiais para escrever, captar e narrar um documentário de 90 minutos chamado “Camera Punk”.

Seu trabalho foi exposto no Museu Nacional de Cingapura, na Casa das Artes e na Galeria Fujifilm em Tóquio, além de ter sido destaque no The Guardian.

8) Cheena Kapoor (@myshotstories)

Cheena tinha um lucrativo trabalho como engenheira de TI e largou a carreira para se tornar fotojornalista. Ela é de Deli e recentemente se formou em Fotojornalismo pela Universidade Ateneo de Manila, nas Filipinas.

Seu trabalho é dedicado à narrativa visual e trabalha em um diário nacional e se concentra em ações relacionadas a mulheres e crianças.

9) Alecs Ongcal (@alecsongcal)

Alecs é fotojornalista de Manila, porém ela é formada em Psicologia. Ela começou a carreira em 2013 e cobriu grandes notícias como a visita do Papa Francisco, guerra às drogas nas Filipinas e o tufão em Haiyan. Além de fotojornalista, Alecs também é fotógrafa de pets de um estúdio que é parceira.

Os trabalhos de Alecs já foram exibidos em vários jornais locais e agências como Associated Press, European Press Agency, National Press Radio, além de ter trabalho na CBN.

10) Watsamon Tri-yasakola (@junewatsamon)

Watsamon Tri-yasakola, também conhecida como June, é uma fotógrafa tailandesa de Bangkok. O trabalho dela se resume em documentar ativamente sobre questões de direitos humanos para a comunidade LGBTIQ na Tailandia no Sudeste Asiático.

Ela já publicou em lugares como Buzzfeed, After Ellen, Coconuts e atualmente ela trabalha em um período integral no The Standard, um importante veículo de comunicação da Tailândia que cobre tudo sobre notícias, cultura e estilo de vida.


Até a próxima viagem,
Débora Agostini
@deboragostini | www.deboragostini.com